A Doutrina

 

O Maranhense Raimundo Irineu Serra viajou para o Peru e encontrou dois amigos, Antônio e André Costa, conhecendo a bebida milenar ayahuasca (bebida obtida pelo cozimento de duas plantas), utilizada pelas sociedades indígenas da região em rituais xamânicos. Ao tomar a bebida, começou-lhe a aparecer cruzes por todos os lados.
Pensou então: "Isso não é coisa do diabo, o diabo tem medo de cruz!"
Depois de alguns dias já na floresta amazônica, Raimundo Irineu tomou novamente a ayahuasca e viu uma mulher que se dizia chamar Clara, ela falou que lhe entregaria a chave da ayahuasca, mas que ele teria que fazer uma dieta, não poderia conversar com ninguém, não ver mulheres e nem falar sobre elas e arrumar um companheiro de barraca para morar com ele.
Foi aí que ele chamou Chico para ser seu companheiro e foram para a floresta e ficaram 8 dias. Raimundo Irineu comia apenas macaxeira sem sal e chá. Após esses 8 dias ele sentou-se na sacupema de pau e começou a mirar, viu a lua se aproximando com uma guia pousada no centro. Era ela, Clara, que se revelou ser Nossa Senhora da Conceição, que vinha lhe entregar uma nova doutrina, acompanhada pela bebida sacramental.
A ela, Raimundo Irineu chamou de Daime, do rogativo dar "Dai-me amor, Dai-me saúde". A partir daí Raimundo Irineu foi aprimorando os seus estudos, recebendo os ensinos que vieram através de cânticos e passou a ter discípulos que o chamavam por Mestre Irineu.
Pouco depois a Amazônia conheceu outros homens que, através da sabedoria revelada pelas "plantas professoras", criaram escolas e linhas espirituais ligadas a tradição da ayahuasca, com os mesmos princípios de amor, caridade e fraternidade.

 

Foi então que em 1970, Mestre Irineu escreveu o Decreto de Serviço, seguido até hoje pelos praticantes do Santo Daime.

 

Decreto de Serviço, para o ano de 1970.

 

O Presidente do Centro de Irradiação Mental "Luz Divina", senhor Raimundo Irineu Serra, usando de suas atribuições legais, decreta:

 

1. Estado Maior, ficam definitivamente obrigados os membros desta casa, a manter, o acatamento e a paz da mesma, normalizando assim, a sinceridade e o respeito para com o seu próximo.

 

+ Não se pode negar que, em qualquer carreira, arte ou profissão, que se escolha na vida, só chegará ao ponto culminante, se à mesma entregar-se de corpo e alma.
E esta é a regra que exerce a ciência Divina.

 

2. Todos os pais de família, devem criar dentro do seu próprio lar, um centro de paz e harmonia, esposo e esposa, se tratarem com dignidade e respeito, incluindo as pétalas deste amor, no mais firme propósito do futuro e da felicidade.

 

Todos os pais de família devem ser um professor exemplar para os seus filhos, dentro do seu próprio lar; nunca devem pronunciar palavras que possa prejudicar o conceito da criança; ensinar aos seus filhos quais são os direitos de um "cidadão brasileiro", tratar bem ao seu próximo, desde o mais graduado, até o mais humilde; ensinar quais são os deveres religiosos, que, se deve respeitar a Deus sobre todas as coisas, rezar todos os dias, para afastar os maus, as doenças e as dificuldades, etc.

 

3. Dentro do estado Maior, não pode haver intrigas, ódio, desentendimentos por mais insignificante que seja; todos que, tomam esta santa bebida, não só devem procurar, vê belezas, primores e sim; corrigir os seus defeitos, formando assim o aperfeiçoamento da sua própria personalidade; para poder ingressar neste batalhão e seguir nesta linha, se assim fizerem poderão dizer, sou irmão.

 

Dentro desta igualdade todos terão o mesmo direito, em casos de doenças, será expressamente designado uma comissão em beneficio do irmão necessitado.

 

4. Nos dias de trabalho:

 

Todos que vierem a procura de recursos, físicos moral e espiritual, devem trazer consigo, sempre uma mente sadia, cheia de esperanças, implorando ao infinito eterno espírito do bem e a virgem soberana mãe criadora, que, sejam concretizadas os seus desejos de acordo com os seus merecimentos.

 

Para iniciar a nossa meditação:

 

Depois da distribuição do Daime, todos irão colocando-se em seus respectivos lugares, com exceção das senhoras que tem crianças, as mesmas deverão primeiramente agasalhar os seus filhos.

 

Continuando a nossa meditação:

 

Ao chegar a hora do intervalo, ao efetuar-se a primeira chamada, todos deverão colocar-se em forma, tanto o batalhão masculino, quanto o feminino, pois todos têm a mesma obrigação....

 

A verdade é, que o centro é livre mas, quem toma conta, deve dar conta; ninguém vive sem obrigação e quem tem obrigação tem sempre um dever a cumprir.

 

+ A disciplina meta, não pode ser aprendida em livros; tudo depende do nosso próprio eu, só a experiência nos traz a realização.

 

O poder da existência divina, nos mostra igualmente o contato da nossa evolução individual no plano terrestre, em relação ao plano superior.

 

Além disso, é nos dado o saber, que existe em nossa mente atrações superiores e inferiores. O conhecimento elementar nos leva a mudança completa de todos os nossos valores, dos nossos hábitos e compreensão mútua, relativamente com os exames da nossa própria consciência.

 

+ Existe em nossa mente um conjunto de atrações: superiores e inferiores, esta atração, posta em prática diariamente, trará um desenvolvimento capaz de produzir os resultados mais altruísticos; isto, dependendo da nossa própria consciência, se praticar-mos o bem, o bem nos conduzirá e se praticar-mos o mau, é claro, só podemos ser derrotados.

 

Se assim fizermos, estaremos marchando para o caminho da perfeição e em busca de novas realizações.

 

Assinado: Raimundo Irineu Serra
Presidente